Poucas cidades europeias são tão impressionantes como Viena. Com uma arquitetura fantástica, palácios opulentes e uma história imperial, garanto-te que está é uma cidade que não fica a dever nada a gigantes como Roma, Paris ou Londres. Não acreditas? Se és um(a) dos leitores mais céticos, então um passeio pela gloriosa Ringstrasse será mais do que suficiente para que passes a concordar comigo.

Situado em redor do distrito de Innere Stadt, esta gigantesca avenida em forma de anel é considerada parte do Centro Histórico de Viena, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade. Em conjunto com o magnífico Danúbio, ambos encapsulam o coração da cidade na sua totalidade. Aliás, a muralha que costumava proteger Viena de invasões estrangeiras costumava estar erguida precisamente por onde agora se estende a Ringstrasse. Contudo, à medida que as ameaças foram desaparecendo e a muralha se foi tornando desnecessária, os Habsburgo optaram por desmantelá-la e dar lugar a algo verdadeiramente especial. Um caminho onde construíram todo o tipo de palácios e edifícios incríveis para mostrar a força e riqueza do seu império, e que se viria a tornar numa das avenidas mais belas que o mundo já viu: a Ringstrasse.

 

O QUE VER NA RINGSTRASSE

IGREJA VOTIVA

Construída como um gesto de gratidão divina depois do Imperador Francisco José ter sobrevivido a uma tentativa de assassinato, a Igreja Votiva é muito provavelmente a segunda igreja mais popular da cidade a seguir ao Stephansdom. Situada bem ao lado do Parque Sigmund Freud, esta é uma área onde os locais se reúnem a conviver e a aproveitar o sol durante os meses de Verão. Impressionante por fora mas surpreendentemente serena por dentro, esta enorme igreja gótica é sem dúvida uma das atrações mais populares que podes encontrar nas imediações da Ringstrasse.

 

BURGTHEATER

Sabias que o segundo teatro mais antigo da Europa fica em Viena? Embora a estrutura original ficasse ao lado do Palácio Imperial de Hofburg uma vez que a Imperatriz precisava de ter um entretenimento perto de “casa” (caso contrário, como poderia sobreviver?!), o belíssimo edifício atual já alberga o Teatro Nacional Austríaco desde 1888. No interior, a escadaria principal é um dos seus maiores atrativos, com pinturas e frescos que retratam a história do teatro e o ambiente majestoso que encontrarás em praticamente todos os palácios/museus/casas de concertos de Viena.

 

RATHAUS

Logo em frente ao Burgtheater irás encontrar o Rathaus, a atual Câmara Municipal de Viena. Não estranhes se pensares por um segundo que foste teletransportado/a para a Bélgica ou Holanda, uma vez que este edifício incrível foi construído no estilo tradicional flamengo. O Rathauspark fica mesmo em frente, e é outro exemplo de mais uma área verde de Viena onde podes relaxar e apreciar as redondezas.

 

EDIFÍCIO DO PARLAMENTO AUSTRÍACO

Onde mais poderias encontrar um teatro de estilo francês, em frente a um edifício tradicional belga, que por sua vez fica ao lado de um templo grego? O Parlamento Nacional Austríaco, juntamente com a Fonte de Palas Atena, é apenas mais um exemplo claro da beleza e diversidade artística que te espera um pouco por toda a Viena.

 

VOLKSGARTEN

Projetado como o primeiro parque público de Viena, o Volksgarten foi apropriadamente chamado de “Parque do Povo”. E olhando para ele, dá para perceber que os governantes Austro-Húngaros deveriam mesmo querer impressionar os seus súbditos! Com os seus jardins, rosais, templos, fontes artísticas e vários monumentos de tributo a personalidades históricas, o Volksgarten mantém-se fantástico como sempre!

 

NEUE BURG

Sim, a Ringstrasse também tem uma ligação a um dos maiores marcos turísticos de Viena: o Palácio Imperial de Hofburg! Neste caso ao Neue Burg, a ala mais recente de todo o palácio. Entre várias outras exposições, dentro do Neue Burg poderás visitar o Prunksaal – o hall principal da Biblioteca Austríaca – e um dos locais mais extraordinários que podes visitar na cidade.

 

MARIA-THERESIEN-PLATZ

Embora pudesse ter escolhido qualquer um dos dois museus que ficam nesta praça, a realidade é que todo o conjunto é tão culturalmente rico e visualmente impressionante que o melhor mesmo é colocar o foco na praça em si. Projetada em redor da estátua da própria Imperatriz, a Maria-Theresien-Platz é um praça flanqueada por dois edifícios iguaizinhos que albergam dois dos melhores museus da cidade. Quer optes por visitar o Museu Kunsthistorisches ou o Museu Naturhistorisches, a realidade é que irás sais feliz, uma vez que ambas as instituições são tão fantásticas quanto são impronunciáveis.

 

STADTPARK

Embora o Volksgarten seja o parque mais adorável de Viena, não é de modo nenhum o único. Dividido pelo Wienfluss – o Rio de Viena – o Stadtpark é uma enorme área verde onde poderás encontrar várias atrações espalhas pelo seu território de 28 acres. Para além das estátuas e dos monumentos de tributo, o Kursalon é talvez o seu ponto de paragem mais popular.

 

ÓPERA DE VIENA

E finalmente a cereja no topo do bolo! A Ópera Estatal de Viena não só é uma das atrações mais populares ao longo da Ringstrasse, como se mantém um verdadeiro símbolo de toda a Viena. Quer optes por ver um espetáculo ao vivo ou simplesmente fazer parte de uma visita guiada, não há dúvida nenhuma de que os interiores desta sala de concertos (uma das mais fabulosas da Europa) te vão deixar de queixo caído. Obrigatório!


Aqui tens, apenas alguns pontos que te vão ajudar a perceber a grandeza da Ringstrasse, a avenida mais bonita do mundo! Já alguma vez visitaste Viena? Que outras paragens nesta avenida consideras obrigatórias? Deixa a tua opinião nos comentários abaixo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here