Sendo um dos países mais visitados do mundo, Espanha está repleta de autênticos tesouros à disposição daqueles que, como nós, amam viajar. A própria capital – Madrid – é o exemplo perfeito de uma cidade que espelha o lado latino da cultura espanhola. Ruas movimentadas, ambiente festivo e praças cheias de restaurantes e bares onde podes relaxar e tomar uma bebida enquanto aprecias a arquitectura à tua volta: isto é Espanha.

Estando aqui tão perto, o principal baluarte do país de Nuestros Hermanos é uma das opções mais fáceis para uma escapadinha de 2 ou 3 dias, por isso descobre abaixo o que visitar em Madrid.

 

O QUE VISITAR EM MADRID

GRAN VÍA

E eis que começamos com aquela que é a rua mais famosa de Madrid, a Gran Vía. Localizada bem no coração da cidade, esta avenida é a casa da Broadway espanhola e de várias das mais conhecidas cadeias de moda do mundo. Contudo, o motivo pelo qual a Gran Vía é um local tão popular entre visitantes está relacionado com o seu ambiente constantemente agitado independentemente da hora do dia, e pela beleza dos edifícios alinhados ao longo da sua extensão, como o Grassy ou o Metropolis. Em suma, é um local onde poderás dar um passeio agradável, contemplar a arquitectura madrilena, analisar o modo de vida local, fazer umas comprinhas e ainda ver um espectáculo musical…é aqui que tudo acontece e é por isso que deve fazer parte do teu itinerário de o que visitar em Madrid!

Dicas: Embora não à mesma escala de Barcelona, Madrid também tem um pequeno problema com carteiristas. Posto isto, e tendo em conta que esta é uma das ruas mais frequentadas da cidade, o melhor é tomares cuidado.

Como lá chegar: Linhas 1 ou 5 do Metro – Paragem: Gran Vía

 

PORTA DO SOL

Se existir algum local na cidade mais movimentado do que a Gran Vía, esse sítio poderá muito bem ser a Porta do Sol. Situada literalmente no centro de Madrid (é lá que encontrarás o Quilómetro Zero), era nesta praça que um dos portões originais da cidade costumava estar. Acontece que este portão em particular apontava para Este, direcção na qual o sol nasce, ganhando assim o nome de Porta do Sol. Hoje em dia, e apesar de ser fundamentalmente uma zona turística, esta continua a ser uma das mais áreas mais apreciadas da capital espanhola. E não é de estranhar! Afinal de contas, quem não gosta de estar num sítio onde todas as noites parecem Sexta-Feira?!

Dicas: Não te esqueças de tirar uma fotografia da famosa Estátua do Urso e do Madroño, uma representação do brasão de armas de Madrid e um dos maiores símbolos (apesar da sua pequena dimensão) da cidade.

Como lá chegar: Linhas 1, 2 ou 3 do Metro – Paragem: Vodafone Sol

 

PLAZA MAYOR

Na nossa opinião, a mais bonita das praças de Madrid. Escondida por entre uma área de becos e ruas estreitas, é impossível não te surpreenderes à medida que passas numa das 9 entradas de acesso à Praça Maior. A forma como toda a praça e as suas fachadas vermelhas se desvendam à frente dos teus olhos é absolutamente incrível! No centro encontrarás a estátua do rei Filipe III, o monarca que ordenou a construção da praça, e numa das laterais a colorida Casa de la Panadería. A menos de 200 metros está localizado o Mercado de S. Miguel, cuja visita é obrigatória!

Dicas: Tendo em conta a natureza turística da Praça Maior, é natural a presença de vários artistas de rua. Se não estás com grande disposição para “contribuir” ou o teu orçamento não to permite, então tenta não tirar fotografias dos artistas e não os deixes posar para a tua máquina (sim, eles fazem isso), caso contrário serás obrigado/a a dar-lhes alguma coisa.

Como lá chegar: Linhas 1, 2 ou 3 do Metro – Paragem: Vodafone Sol. Seguido de uma caminhada de 3 ou 4 minutos.

 

PRAÇA CIBELES

Praça? Qual praça? Apesar desta ser a sua designação oficial, Cibeles assemelha-se mais a uma rotunda com um trânsito constante e desenfreado. Posto isto não estejas à espera de um espaço amplo como é habitual encontrar na esmagadora maioria das praças. Apesar disso, é aqui que se localiza um dos edifícios mais bonitos de toda a Madrid, o Palácio Cibeles, e juntamente com a fonte construída a sua frente (também chamada de Cibeles), compõem um dos monumentos mais icónicos da cidade.

Dicas: Não percas a oportunidade de experienciar uma das vistas mais bonitas de Madrid! É só perguntares pelo Mirador Madrid quando visitares o palácio.

Como lá chegar: Linha 2 do Metro – Paragem: Banco de España

 

PARQUE DO BOM RETIRO

Tempo para a área verde mais popular e magnífica de Madrid. Estamos a falar de um parque que que foi desenhado e projectado para uso exclusivo da família real espanhola, por isso já sabes que deve ser algo de especial! Repleto de atracções e lugares que valem a pena visitar, vamos facilitar-te a vida e listar as mais importantes:

Lago do Retiro – um enorme lago artificial completo com o espectacular Monumento ao Rei D. Afonso XII. Barcos a remo estão disponíveis para aluguer, embora pagues um preço por cada pessoa a bordo e não por cada barco alugado.

Palácio de Cristal – uma estrutura feita de vidro que habitualmente alberga exibições de arte rotativas (e gratuitas). Mesmo em frente podes encontrar um pequeno lago com sítios ótimos para quem gostar de fotografia.

La Rosaleda – o jardim mais bonito de todo o parque, composto maioritariamente por rosas importadas de todas as partes do globo.

Fonte do Anjo Caído – uma fonte bastante famosa na cidade pelo seu adorno em bronze que representa o momento em que Lucifer foi expulso do paraíso. Por motivo óbvios há quem diga que tem conotações satânicas.

Dicas: Logo na entrada principal do parque verás também outro dos monumentos mais notáveis de Madrid: a Porta de Alcalá.

Como lá chegar: Linha 2 do Metro – Paragem: Retiro

 

PALÁCIO REAL DE MADRID

Como uma das 12 monarquias ainda em vigor na Europa, Espanha tem um leque bastante variado de palácios e castelos reais espalhados pelo seu território. Contudo, nenhum outro local desta natureza é mais importante ou imponente do que o Palácio Real de Madrid, considerada a residência oficial da família real espanhola e o maior palácio do Velho Continente. Como podes calcular, o interior está recheado de opulência e de todo o tipo de riquezas imagináveis, mas o exterior do palácio é também umas das suas principais forças, uma vez que nas redondezas poderás encontrar a Catedral da Almudena, os Jardins de Sabatini e o Teatro Real.

Dicas: Se apanhares um belo dia de sol, tira uns minutos para apreciar a Plaza de la Armería. Esta praça está localizada mesmo à frente da entrada principal do palácio e a forma como a luz do sol incide sobre ela é impressionante.

Como lá chegar: Linhas 2 ou 5 do Metro – Paragem: Opera

 

TEMPLO DE DEBOD

Segue-se na nossa lista uma atracção no centro de Madrid que te vai fazer sentir em pleno Antigo Egipto! Oferecido a Espanha por este país do Médio Oriente, o Templo de Debod tem 2200 anos e foi construído na cidade de Aswan como tributo à deusa Ísis de Filas. Contudo, aquando da construção de uma barragem na região no final da década de 60, a integridade do templo foi colocada em causa. Como resultado, a própria UNESCO pressionou o Egipto no sentido de salvar o monumento, e  uma vez que Espanha já havia ajudado no salvamento e manutenção de outros marcos históricos, a nação egípcia decidiu desmantelar o Templo de Debod e presenteá-lo à cidade de Madrid como sinal de gratidão. O templo foi depois reconstruído na capital espanhola em 1972, onde se mantém até este dia como uma paragem obrigatória em qualquer lista sobre o que visitar em Madrid.

Dicas: Tenta visitar o templo ao final do dia. Não só poderás ver o pôr do sol como pano de fundo, como também te irás surpreender com a forma como se ilumina na escuridão.

Como lá chegar: Linhas 3 e 10 do Metro – Paragem: Plaza de España

 

TRIÂNGULO DOURADO DA ARTE

A cidade de Madrid tem tantos museus fantásticos que não nos poderíamos ficar só por um. Conhecido como o Triângulo Dourado da Arte, este grupo de 3 impressionantes galerias é um autêntico paraíso para qualquer amante das Belas-Artes, e mesmo que penses que visitar museus não é bem a tua onda, entrar em pelo menos uma destas instituições é absolutamente crucial para que a tua visita à cidade fique completa:

Museu Thyssen-Bornemisza – talvez o menos popular dos três, este museu diferencia-se dos seus “concorrentes” pela sua vasta colecção de pinturas europeias, em especial as da autoria dos maiores mestres da corrente impressionista, como Claude Monet.

Museu Rainha Sofia – Com uma exibição que coloca maior foco na arte espanhola do século XX, a obra mais conhecida deste museu é o famosíssimo mural de Guernica, pintado por Pablo Picasso e onde são representados os bombardeamentos desta cidade durante a Guerra Civil Espanhola.

Museu do Prado – considerada a joia da coroa e de longe a maior e mais aclamada das três instituições, o Museu do Prado alberga uma das melhores colecções de arte do mundo inteiro! Para além disso o seu edifício é também o mais bonito, por isso se tiveres que escolher qual o museu a visitar, esta é a melhor opção.

Dicas: Embora esta informação esteja meia escondida, toda a gente pode visitar o Museu do Prado de graça durante as duas últimas horas de funcionamento de cada dia.

Como lá chegar: Linha 2 do Metro – Paragem: Banco de España; seguido de uma caminhada de menos de 10 minutos.

ESTÁDIO SANTIAGO BERNABÉU

Apesar das enormes diferenças e da rivalidade política entre Madrid e Barcelona, se há algo que as duas cidades têm em comum é a enorme paixão pelo futebol. Isso e o facto de tanto uma como outra acolherem estádios míticos que funcionam como autênticas atracções turísticas para os visitantes. No que toca a Madrid, falamos obviamente do Estádio Santiago Bernabéu, a casa daquele que é provavelmente o mais famoso e bem-sucedido clube de futebol do mundo: o Real Madrid. Capaz de receber mais de 80.000 pessoas, este é também um estádio para o qual é relativamente fácil convenceres a tua namorada a visitar…afinal de conta o Cristiano joga lá!

Dicas: Vê um jogo. Os adeptos do Real Madrid são do mais exigente e impaciente que existe, e não aceitam nada que não seja perfeição absoluta no jogo da equipa, e claro, vitórias. Tendo em conta a extensão da lista de troféus do clube, parece que o clube tende a dar-lhes aquilo que querem, por isso podes esperar um grande espectáculo…ou pelo menos é bom manter este espírito positivo quando desembolsares uma pequena fortuna pelos bilhetes.

Como lá chegar: Linha 10 do Metro – Paragem: Santiago Bernabéu

 

OUTROS LOCAIS QUE PODES QUERER VISITAR:

  • Basílica de S. Francisco, o Grande
  • Estádio Wanda Metropolitano
  • La Latina
  • Ponte de Toledo
  • Bairro de Chueca

E está terminado! Se estás a planear uma aventura na capital espanhola, assegura-te que todos estes lugares estão na tua check-list de o que visitar em Madrid. Convencemos-te a visitar a cidade? Ou esquecemo-nos de alguma atracção? Deixa a tua opinião nos comentários abaixo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here