A Capital do Mundo, o berço da civilização ocidental, ou simplesmente “A Cidade Eterna”. Roma possui inúmeros epítetos, mas basta a mera pronunciação do nome desta maravilhosa cidade para nos arrepiar! Aclamada pela sua rica história que se estende ao longo de mais de 2000 anos, bem como pelas suas maravilhas arquitetónicas, a capital Italiana é uma cidade repleta de magia, onde cada recanto possui belezas incontáveis. Fica com o nosso itinerário sobre o que visitar em Roma!

O QUE VISITAR ROMA

O COLISEU DE ROMA

Começamos esta lista com o verdadeiro ex-libris de Roma. Construído entre os anos 70 e 79 a.c, o Coliseu de Roma é o maior anfiteatro que alguma vez existiu, cuja capacidade, nos tempos áureos, chegou a suportar 80 000 espetadores que se reuniam na plateia para observar os combates de gladiadores, as recriações ou as execuções públicas que ocorriam na arena. Tendo sobrevivido a inúmeros terramotos, este monumento é agora considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo e é visitado por cerca de 4 milhões de pessoas por ano. Depois desta viagem, podemos assegurar com toda a certeza que visitar o Coliseu é, sem dúvida, uma das mais impactantes e inesquecíveis experiências.

Recomendações: Chega bem cedo! Os portões abrem às 08:30 pelo que deverás chegar pelo menos 30 minutos mais cedo, para garantir que não passas a manhã na fila.

Como Lá Chegar: Linha de Metro B, Paragem: Colosseo.

 

FÓRUM ROMANO E COLINA DO PALATINO

Nas proximidades do Coliseu fica localizado o paraíso de qualquer apaixonado por História que se preze. O Fórum Romano é um complexo, na falta de melhor descrição, repleto de ruínas de monumentos e estátuas que outrora constituíam parte integrante da arquitetura Romana. Por sua vez, o Palatino é conhecido como sendo o primeiro local a ter sido habitado por romanos, contendo inúmeras escavações arqueológicas. Este é o complemento perfeito à visita ao Coliseu e, inclusive, o bilhete é válido para os 3 locais. Tenham cuidado, porém, ao mostrar fotografias do local a pessoas que não são fãs de História. Quando mostrámos as nossas fotografias a alguns membros das nossas famílias, absolutamente entusiasmados, recebemos respostas como “foram ver pedras a cair?”. Só nos resta assumir que fomos adotados.

 

FONTANA DI TREVI

Considerada por muitos a fonte mais bonita do mundo, nenhuma lista de o que visitar em Roma está completa sem esta majestosa obra barroca. Terminada em 1762 (tendo sido sujeita a diversas renovações desde então), a Fonte de Trevi é uma das mais visitadas atrações em Roma e, apesar de algumas pessoas considerarem a área demasiado turística e intensamente frequentada por vendedores de rua persistentes, este continua a ser um local maravilhoso e refrescante, especialmente quando a cidade é visitada no Verão ou na Primavera. Esta fonte é também famosa pela lenda que enche os imaginários dos seus visitantes, indicando que quando alguém atira uma moeda para a fonte com a mão direita por cima do ombro esquerdo, então irá definitivamente regressar a Roma um dia. Resultado: estima-se que cerca de 3000€ sejam atirados para a fonte todos os dias. Assim sendo, recomendamos que leves contigo o teu equipamento de mergulho.

Recomendações: Visita a fonte durante a noite. A iluminação, o som da água flutuante, os burburinhos das conversas alheias, tudo contribui para tornar a atmosfera quase que mágica. Recomendamos também que sejas firme quando recusas ofertas dos vendedores de rua, caso contrário poderás chegar ao fim das férias com 3 bouquets de rosas e 10 selfie sticks inúteis.

Como Lá Chegar: Linha de Metro A, Paragem: Spagna (a partir daí basta caminhar um pouco).

 

PANTEÃO

A uma distância de 5 minutos da Fonte de Trevi, os visitantes podem encontrar outra das mais apreciadas atrações de Roma: O Panteão. Este edifício imponente foi terminado há quase 2000 anos e constitui aquela que ainda é hoje a maior cúpula de cimento reforçado do mundo, com um diâmetro de mais de 43 metros. Originalmente construída como um templo para honrar os deuses, hoje o Panteão funciona como igreja católica e local de repouso para algumas das mais conhecidas figuras italianas, tal como Vittorio Emanuele II ou o pintor Raphael.

Recomendações: Presta atenção às horas das missas agendadas. Se porventura visitares o local durante uma missa, não te será permitida a entrada.

Como Lá Chegar: A melhor forma de chegar seja onde for na capital italiana é simplesmente andar! Porque não experimentas criar o teu próprio itinerário personalizado? É gratuito, divertido e absolutamente espantoso!

 

MUSEUS DO VATICANO

Embora saibamos perfeitamente que o Vaticano constitui um estado soberano e não apenas um bairro aleatório de Roma, optámos por incluí-lo na nossa lista devido à sua importância histórica e religiosa que atrai milhões de turistas todos os anos. Recomendamos, antes de mais, uma visita aos seus maravilhosos museus. Lá encontrarás um pouco de tudo (desde pinturas e esculturas até sarcófagos e vasos), de todas as origens e locais do mundo (de Itália à Grécia Antiga) e de todas as épocas da História (desde o Renascimento até ao Antigo Egito), e como se isso não bastasse, no final da visita a cereja no topo do bolo: A Capela Sistina.

Recomendações: Por favor presta atenção aos avisos dos colaboradores do museu e não fotografes a Capela Sistina. Não só é desrespeitoso e prejudicial para a pintura, como também vais parecer ridículo ao tentar usar o telemóvel às escondidas.

Como Lá Chegar: Linha do Metro A; Paragem Ottaviano – S. Pietro-Musei Vaticani

 

BASÍLICA DE SÃO PEDRO

Apesar de os museus serem de facto espantosos, nenhuma visita ao Vaticano fica completa sem a sua atração principal! Localizada na maravilhosa (e movimentada) Praça de São Pedro, esta magnífica igreja de estilo renascentista é considerada por muitos o local de descanso de um dos discípulos de Jesus (Pedro) e é também uma das 4 basílicas papais do mundo, o título mais alto a ser dado a uma igreja católica. Felizmente para os visitantes, todas as outras 3 são também localizadas em Roma:

  • Arquibasílica de São João de Latrão;
  • Basílica de São Paulo Extramuros;
  • Basílica de Santa Maria Maior.

Recomendações: Chega cedo e verifica os horários das missas antes da visita.

Como Lá Chegar: Uma pequena caminhada a partir dos Museus do Vaticano.

 

CASTELO DE SANT’ÂNGELO

Após a visita ao Vaticano e de regresso a Roma, recomendamos uma visita ao Castelo de Sant’Ângelo, localizado nas proximidades. Esta construção de estrutura cilíndrica foi originalmente criada como um mausoléu para o Imperador Hadrian e sua família, mas desde então serviu vários propósitos: de prisão e fortaleza a residência papal. Este edifício é hoje um museu que documenta a história do castelo ao longo dos séculos, e uma paragem obrigatória no teu guia sobre o que visitar em Roma.

Recomendações: A subida vale a pena! Esta é uma das estruturas mais altas de Roma, pelo que a vista é definitivamente um must!

Como Lá Chegar: Linha do Metro A – Paragem: Lepanto

 

AS PIAZZAS DE ROMA

Um dos aspetos mais marcantes de Roma é a capacidade que a capital italiana tem de nos envolver e nos fazer desfrutar de um simples passeio pelas suas ruas. Parte deste charme provém das magníficas praças romanas, onde os visitantes podem contemplar maravilhosos edifícios históricos, obeliscos impressionantes e igrejas imponentes, sem ter que gastar um centavo! Recomendamos vivamente as seguintes:

  • Piazza Navona – Considerada por muitos a melhor na cidade.
  • Piazza di Spagna – Onde se encontra a famosa escadaria espanhola.
  • Piazza del Popolo – Para uma ótima vista, basta subir os degraus do Monte Pinciano.
  • Piazza del Campidoglio – A nossa favorita, onde fica localizada a sede do governo.

 

VILLA BORGHESE

Depois de passar alguns dias a explorar a cidade, não há nada melhor do que encontrar um belo parque onde possamos desfrutar de um bom passeio e refrescar-nos com um gelado enquanto observamos tudo à nossa volta! O melhor local para esta atividade é sem dúvida a Villa Borghese, o terceiro maior parque público da cidade, mas definitivamente o mais bonito. Os jardins são maravilhosos, repletos de casas romanas da antiguidade e outras pérolas arquitetónicas, sendo a Borghese Art Gallery a atração mais solicitada do parque. Quer sejas ou não um amante de arte, este é um local que não poderás perder!

Recomendações: Apesar de ser um parque público, Villa Borghese é um local muito turístico. Se realmente procuras um momento de relaxamento longe das multidões, o melhor será visitar a Villa Ada.

Como Lá Chegar: Linha do Metro A – Paragem: Barberini; Depois disso podes optar por caminhar 20 minutos ou recorrer aos autocarros 52 ou 53.

 

MONUMENTO A VITTORIO EMANUELE II

Também conhecido por “Altare della Patria”, este monumento foi construído, tal como o nome indica, em honra de Vittorio Emanuele II, primeiro rei da Itália unificada, e mantém-se até hoje como sendo a atração mais controversa da cidade. A fim de construir esta praça, foi destruído um bairro medieval em 1885, o que despoletou a ira de muitos cidadãos, que consideraram o monumento demasiado ostentoso. Apesar de tudo, o edifício conseguiu permanecer até aos dias de hoje e inclusive tornar-se uma das atrações mais icónicas de Roma.

Recomendações: Sobe ao topo do edifício para uma das melhores vistas de Roma.

Como Lá Chegar: Autocarro 40, 64, 85 ou 117 – Paragem: Piazza Venezia

 

ESTÁDIO OLÍMPICO DE ROMA

Esta é para os amantes de futebol como o Bruno! Localizado nas periferias da cidade, este portentoso estádio de 70.000 lugares é o segundo maior recinto desportivo em Itália e foi construído em 1960 propositadamente para os Jogos Olímpicos seguintes. Desde então recebeu 4 Finais da Liga dos Campeões, 2 Finais do Euro e 1 Final do Campeonato do Mundo. Apesar de atualmente não existirem tours, sendo este um estádio partilhado por 2 equipas – AS Roma e SS Lazio – a probabilidade de que haja jogo durante a tua viagem é enorme!

Recomendações: Nunca é demais repetir: é sempre bom chegar cedo!

Como Lá Chegar: Linha do Metro A – Paragem: Ottaviano; Seguidamente Autocarro 32 (Direção Tor di Quinto) – Paragem: Stadio Tennis

OUTROS LOCAIS QUE POSSAS QUERER VISITAR:

  • Via Appia
  • Bocca della Verittà
  • Circus Maximus
  • Basílica de Santa Maria em Trastevere

Sendo o nosso primeiro destino, Roma terá sempre um lugar especial nos nossos corações, pelo que só faz sentido que o nosso primeiro post seja sobre esta extraordinária cidade! Então e tu? Qual é a tua opinião sobre a cidade? Acrescentarias mais alguma paragem no nosso guia sobre o que visitar em Roma? Deixa a tua opinião nos comentários abaixo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here